circuitos pngcircuitos png

twitter
facebook
feed

Dicas
Home > Notícias > Roca Cerámica traz dicas sobre o processo de rejuntamento
31/07/2019

Roca Cerámica traz dicas sobre o processo de rejuntamento

Maestria na etapa técnica é indispensável para garantir o acabamento perfeito

Roca Cerámica traz dicas sobre o processo de rejuntamento


Ter um revestimento cerâmico com acabamento perfeito vai muito além da escolha de uma boa peça. “Processos técnicos são extremamente necessários para atingir a estética desejada e também eliminar necessidades de manutenção, garantindo qualidade”, expressa Simone Lourensi, design manager da Roca Brasil Cerámica. Com expertise centenária, a empresa se firma no mercado como uma das maiores produtoras de porcelanato no Brasil, com as marcas Roca e Incepa.

Segundo Simone, um dos processos que mais gera dúvidas é o de rejuntamento. “Saber escolher o tipo de rejunte correto e a cor que melhor aproveita as características do porcelanato é essencial”, aponta. De olho nisso, a equipe de especialistas da Roca Brasil Cerámica trouxe dicas e curiosidades importantes sobre essa fase da obra. Confira:

1. Cuidados antes de rejuntar

Garantir um bom resultado de trabalho depende de ações e cuidados que muitas vezes são simples. Uma das dicas é prestar atenção ao momento correto de rejuntar – o processo só pode ser iniciado 72 horas depois do assentamento do porcelanato. É necessário preparar a superfície antes da aplicação, certificando que o fundo das juntas esteja limpo, sem poeira e restos de materiais da obra. “Cuidados especiais devem ser tomados quando se escolhe um rejunte com cor que contrasta com a do porcelanato”, adverte Simone. Nesse caso, o ideal é aplicar cera incolor sobre o revestimento antes de rejuntá-lo, prevenindo manchas.

2. Escolhendo o rejunte

Quando se fala em rejunte para porcelanatos, três tipos são indicados:

2a. Rejunte cimentício para porcelanato: ideal para o assentamento de porcelanatos em áreas internas, externas e fachadas, com espaçamento mínimo de 2 mm

2b. Rejunte epóxi: recomendado para o assentamento de áreas internas ou externas, mas não fachadas. Necessita de espaçamento de no mínimo 1 mm

2c. Rejunte acrílico: aconselhado o uso entre revestimentos cerâmicos, pastilhas e porcelanatos, com espaçamento mínimo 2 mm

Prático, o rejunte cimentício é muito utilizado em obras. Sua secagem completa demora cerca de 24 horas. Se utilizado em áreas molhadas da casa, deve ser impermeabilizado.

Impermeável, o epóxi dispensa o processo de impermeabilização. Com secagem muito rápida, pode manchar o revestimento se não for removido a tempo – por isso, exige atenção redobrada e mediação de profissionais para garantir o acabamento perfeito. Sua limpeza deve ser feita imediatamente após a aplicação.

O rejunte acrílico, por sua vez, é o mais indicado para quem irá aplicar sozinho. Ele já vem pronto e sua secagem ocorre em até 12 horas. Pode ser utilizado em áreas molhadas, mas não é indicado para piscinas ou fachadas.

3. Definindo a cor

Escolher a cor ideal para o rejuntamento envolve uma questão de gosto, mas algumas dicas podem garantir a harmonia desejada.

Se a ideia é garantir um efeito uniforme, por exemplo, o ideal é optar pela cor mais próxima ao porcelanato. Assim, tem-se a sensação de amplitude, em que as placas parecem uma peça única – como visto na aplicação da linhaSeattle, da Incepa. Isso ainda disfarça problemas com a paginação, assimetrias ou recortes. Trabalhar com o contraste, porém, também é uma opção. Isso pode ajudar a destacar os revestimentos, chamando atenção para cada peça e seus detalhes, desenhos e formas – como visto na aplicação da linha Peclers ou Antartica, da Roca.“Tudo depende do efeito desejado”, sumariza Simone.

Os tons escuros ainda são indicados para locais com muito acúmulo de poeira, pois disfarçam melhor a sujeira. “Em casas de praia, o rejunte com tom arenoso é perfeito para esconder eventuais grãos de areia”, opina. As tonalidades mais claras e neutras, por sua vez, trazem um ar mais formal e atemporal para os espaços.

Existe ainda a possibilidade de variar os tons, trazendo um visual mais arrojado.

4. Limpeza e manutenção

Alguns cuidados são essenciais para garantir a durabilidade do rejuntamento e prevenir problemas – em especial a limpeza correta, que deve ser feita semanalmente para prevenir criação de fungos e possíveis manchas. Em caso de acidente com substâncias de difícil remoção, como gordura, o ideal é limpar no mesmo instante. Existem produtos próprios para a limpeza de rejuntes e deve-se evitar escovas abrasivas ou produtos ácidos, que podem danificar o material.

http://www.rocaceramica.com.br
http://www.incepa.com.br
Showroom Roca Brasil Cerámica
Av. Padre Natal Pigato, 974
Vila Delurdes, Campo Largo - PR
tel. (41) 3391-1430



Fonte:






Comente



Compartilhe:





Video da Semana

VEJA MAIS VIDEOS




Eletrônicos

Ferramentas














Guia Construir e Reformar
Guia Construir e Reformar 2007-2019 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de Uso - Política de Privacidade