circuitos pngcircuitos png

twitter
facebook
feed

Dicas
Home > Notícias > Telhanorte explica como escolher lâmpadas LED
24/05/2018

Telhanorte explica como escolher lâmpadas LED

Econômicas e duráveis, as lâmpadas LED podem contribuir para a valorização da decoração dos ambientes

Telhanorte explica como escolher lâmpadas LED


Diante da proibição da comercialização das lâmpadas incandescentes, as versões LED têm caído no gosto dos brasileiros. Disponíveis em diversos modelos, formatos e potências, os produtos têm se tornado a solução ideal para aplicação em ambientes comerciais e residenciais. Além de contribuírem para a economia de energia e apresentarem maior vida útil, as lâmpadas LED podem ser aliadas importantes para a valorização da decoração dos espaços. Tatiane Quadrado, coordenadora da divisão de iluminação da Telhanorte, ensina como escolher o modelo ideal para necessidades diferentes.

Branca ou amarela? Assim como todos os demais itens de decoração que compõem o ambiente, as lâmpadas LED exigem cuidados e critérios antes da escolha. Identificar a temperatura ideal e correta para será determinante para a escolha do modelo. Para banheiros, áreas de serviço e cozinhas são indicadas lâmpadas brancas (luz fria), uma vez que são mais intensas.

Em espaços em que a prioridade é a manutenção do conforto e do aconchego, como, por exemplo, salas de estar, hall principal ou quartos, os modelos de luz amarela (quente) são as melhores alternativas.

Spot ou Painel? Uma maneira inteligente de utilizar as lâmpadas LED é aproveitar os efeitos proporcionados. A iluminação difusa é aquela que se espalha por toda a área, efeito proporcionado pelo modelo painel. Essa característica o torna alternativa para a substituição dos plafons e luminárias.

Caso a intenção seja inversa, ou seja, destacar um objeto ou espaço, a dica é apostar na iluminação de foco, proporcionada pelos modelos spots. Esses modelos têm ângulo de abertura, colaborando, por exemplo, na valorização de quadros, estantes, paredes decoradas ou algo que possa refletir diretamente no espelho. “É importante ressaltar que é essencial que essa opção atue, sempre que possível, de maneira integrada com pontos de iluminação difusa, pois uma proposta complementará a outra”, destaca Tatiane.

Valorizando os espaços. Nas cozinhas, a dica é iluminar bem as bancadas de trabalho. Para isso, é necessário acrescentar pontos de luz com foco. Outra opção é utilizar fitas de LED embaixo dos armários. Já nos quartos, é preciso tomar cuidado para não projetar luz na cabeceira da cama. A área pede pontos indiretos, que podem ser resolvidos com o uso de abajures nos criados-mudos.

“É preciso também ter cuidado para não poluir visualmente o ambiente por meio da aplicação de uma série de painéis ou spots. Esses modelos devem ser instalados de maneira cuidadosa e estratégica, visando somente destacar ou ampliar a iluminação do espaço”, alerta a especialista.



Fonte:






Comente



Compartilhe:





Video da Semana

VEJA MAIS VIDEOS




Eletrônicos

Ferramentas














Guia Construir e Reformar
Guia Construir e Reformar 2007-2018 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de Uso - Política de Privacidade