circuitos pngcircuitos png

twitter
facebook
feed

Dicas
Home > Notícias > Mizumo desenvolve estações compactas de esgoto para pequenas comunidades
10/09/2010

Mizumo desenvolve estações compactas de esgoto para pequenas comunidades

Empresa projeta soluções compactas para tratar efluente sanitário de bairros, conjuntos habitacionais, povoados rurais, vilarejos, distritos e municípios, que possuem uma população equivalente a 20 mil habitantes

Mizumo desenvolve estações compactas de esgoto para pequenas comunidades


A Mizumo - unidade de negócios do Grupo Jacto e referência em sistemas compactos de tratamento de esgoto sanitário - possui experiência, competência e know-how para fornecer soluções compactas para tratar efluente sanitário de pequenas comunidades, dentre elas bairros, conjuntos habitacionais, povoados rurais, vilarejos, distritos e municípios, que possuem uma população equivalente a 20 mil habitantes, ou seja, uma vazão de até 35 litros de esgoto/segundo.

A flexibilidade industrial e o domínio de tecnologias permitem à Mizumo desenvolver estações de tratamento de esgoto (ETE) únicas, inteiramente adequadas às necessidades do cliente e com padrão de produção que garante rapidez na implantação do sistema. São sistemas robustos, com baixos custos operacionais, garantias, suporte técnico e com vantagens ambientais: a água tratada tem possibilidade de reúso para fins não potáveis ou retorno sem riscos à natureza.

Por serem modulares, os sistemas da Mizumo podem ser ampliados após o início de seu funcionamento ou removidos para outro local, viabilizando a utilização pelas operadoras de saneamento que buscam uma solução imediata, enquanto estão em fase de expansão de sua malha de rede coletora. A ETE da Mizumo varia de tamanho e capacidades de tratamento, conforme a necessidade do cliente, e requer pouco espaço físico para instalação: de 0,5 a 2,0 m²/m³ de esgoto/dia.

As soluções associam várias tecnologias de domínio da Mizumo: processos anaeróbios (UASB, Reator anaeróbio sequencial, decantador primário, etc.); processos aeróbios (filtro aeróbio submerso, reator aeróbio de leito fixo, reator aeróbio de leito expandido, filtros biológicos percoladores); reatores anóxidos; e decantadores secundários e lamelares. As estações de tratamentos são completas, pois a empresa dispõe de equipamentos periféricos tais como Estação Elevatória de Esgoto (EEE), gradeamentos mecanizados, sistemas de difusão de ar, geradores de energia, filtros, queimadores de biogás, desinfecção por cloro e ultravioleta.

"As concessionárias de serviços de água e esgoto têm obrigações contratuais quanto à universalização do atendimento e as ETEs Mizumo facilitam o alcance dessas metas num menor tempo e com investimento que pode ser remanejado de acordo com as prioridades de investimento", esclarece Giovani Toledo, Gestor da Unidade de Negócios Mizumo.

As soluções da Mizumo - que atendem as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), as exigências do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), órgão ligado ao Ministério do Meio Ambiente, bem como as recomendações da Certificação ISO 14.000 - têm eficiência garantida acima de 90% de remoção de DBO (Demanda Bioquímica de Oxigênio) no tratamento biológico do esgoto, o que se traduz em água tratada com possibilidade de reúso para fins não potáveis ou retorno sem riscos à natureza.

Saiba mais sobre a Mizumo - Grupo Jacto



Fonte:






Comente



Compartilhe:





Video da Semana

VEJA MAIS VIDEOS




Eletrônicos

Ferramentas












Guia Construir e Reformar
Guia Construir e Reformar 2007-2014 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de Uso - Política de Privacidade